Cinema

António de Macedo (1931 – 2017)

Cineasta e escritor fascinado pelos domínios da fantasia e do esoterismo, António de Macedo fica ligado à eclosão do Cinema Novo português. Domingo à Tarde (1966), inspirado no romance homónimo de Fernando Namora, será o seu trabalho mais emblemático que depois evoluiu para convulsões mais filosóficas. Em 2016, foi revelado no DocLisboa o documentário Nos Interstícios da Realidade, dedicado à sua obra, com realização de João Monteiro.