Livros

Derek Walcott (1930-2017)

17264655_10209186306360163_8344120612711993376_n-1.jpg

Derek Walcott era considerado uma luz do mundo e morreu esta semana sem ver uma edição sua traduzida em Portugal. Acho que merecemos este seu poema e lembrar esta parte do seu discurso de aceitação do Nobel (1992):

“Para todo o poeta é sempre de manhã no mundo. A História é uma noite esquecida, de insónia; a História e o medo elementar estão sempre no nosso começo, porque o destino da poesia é apaixonar-se pelo mundo, apesar da história.”