Cinema

Toni Erdmann

577744.jpeg

“Toni Erdmann”, da alemã Maren Ade, é, como muitas, uma comédia de “embaraço”, mas tem quase três horas e não cultiva o riso fácil. É a história de Winfried Conradi (Peter Simonischek), um professor de música viúvo, reformado e muito amigo de pregar partidas. Winfried tem uma filha, Ines (Sandra Hüller), uma super-executiva solteira e viciada no trabalho  Winfried acha que a filha leva uma vida chata por isso vai visitá-la a Bucareste, assumindo uma identidade falsa, a do Toni Erdmann do título, um “life coach” de gente famosa. Tudo para recuperar a filha para si, mas também para “outra” vida.

É uma comédia rara que do princípio ao fim consegue apresentar um registo cómico neutro, mais próprio para risinhos nervosos do que sonoras gargalhadas sonoras sem nunca perder o pé das personagens.

Toni Erdmann

Título original: Toni Erdmann
De: Maren Ade
Com: Peter Simonischek, Sandra Hüller, Michael Wittenborn, Thomas Loibl
Género: Drama, Comédia
Classificação: M/12
Outros dados: ROM/Áustria/ALE, 2016, Cores, 162 min.